quinta-feira, 17 de abril de 2008

Tristeza


Hoje acordei profundamente triste. Na maior parte dos meus dias sinto-me triste mas hoje é daquela tristeza em que tudo nos parece demasiado negro. O tempo não ajuda e sair à rua só me pôs mais triste. O tempo cinzento, carregado, a chuva a cair fizeram com que sentisse um extra peso dentro de mim. Sinto-me triste, aquela tristeza que tira um pedacinho de nós a cada minuto, que me faz olhar para tudo e ver que nada faz sentido, que é tudo escuro, sombrio e deprimente. Hoje o mundo está de luto para mim e eu estou de luto para o mundo.

1 comentário:

Rita disse...

Estou aqui e a porta está aberta para que entres sem teres que ficar a apanhar chuva... e se mesmo assim ficares triste e sentires k tens k fzr exe luto eu faxo ctg... pk nunca te deixei fikar sózinha...
***