quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Curtas sobre os transportes públicos

- Tenho inveja das pessoas que sacam dos livros no comboio ou no metro e se põem a ler descontraidamente mesmo com os solavancos, eu simplesmente não consigo;

- Os anormais que tentam entrar nas carruagens do metro quando já estão completamente cheias mas eles acham que ainda cabem e depois fazem com que a porcaria da porta apite quinhentas vezes porque nunca consegue fechar, deviam ser fuzilados. Bem como todos os que enchem o metro até mais não e tem tudo que ir tipo sardinha em lata porque as pessoas não sabem esperar 5 minutos pelo próximo metro. Minha gente eu tenho 1.55m e uma certa claustrofobia, começo a panicar se se chegam muito a mim, não gosto do bafo das pessoas, não gosto que mãos de pessoas que não conheço de lado nenhum toquem nas minhas, não gosto que se encostem a mim, por isso agradeço muito que não encham o metro quando eu lá estou dentro, sim? Muito agradecida;

- Os tarados que se roçam, esfregam, apalpam as pessoas no metro e no comboio deviam ser igualmente fuzilados. A sério arranjem alguém que queira uns apalpões valentes mas deixem em paz as pessoas que tão sossegaditas no comboio.

8 comentários:

NoZ disse...

Ainda hj ia no autocarro a invejar uma senhora que ia a ler, infelizmente tb não consigo fazê-lo, mas gostava de conseguir, eram pelo menos duas horas da minha existência diária que aproveitava.
E os gajo/as que ouvem a música no tmv sem os phones? Hein?! E tens de levar com a última kizomba mesmo que não queiras e mesmo com o som no máximo no teu ipod ainda os consegues ouvir? O meu ódio visceral vai para esses queridos.

The queen disse...

Concordo plenamente! Odeio aquele halito matinal das pessoas, o encosta, o roça-roça... bahhh! Ainda bem que não uso muitas vezes os transportes públicos... Beijo** Ps. o "panicar" LOOL ai meu deus! lembro-me logo dos apanhados... :P

Parvati disse...

Sim. E devido à quantidade de povo dentro do metro, uma pessoa nem consegue sair na paragem que quer!

Leonor disse...

Só consigo ler no metro, no comboio não porque abana muito. Uma vez fui apalpada no 729 da Carris, no Colégio Militar, por um velho baboso... (se pudesse tinha-o fuzilado

Alexandra disse...

Concordo plenamente contigo Catarina. Era pô-los todos juntinhos e trufas, fuzilá-los todos. Que nervos!
Odeio transportes públicos mas infelizmente, tenho de os usar.
Beijinhos*

paddy disse...

Eu sou das que vou a ler descontraidamente no metro :) Já em autocarros e carros não consigo..

Felizmente nunca apanhei o metro assim tão cheio, detesto isso =s

B' disse...

Eu gosto de andar de metro, e de ler lá :)

Agora a parte das pessoas todas em cima de mim e a musica aos altos berros, já não é nada agradável --'

Isabel(a própria) disse...

Compra um bilhete apenas de ida...pó inferno de preferência mas roça-te nem que seja num varão vais ver que ardes de prazer!!